Como Ganhar Dinheiro Com E-Books Gratuitos


Quatro Técnicas Pra Aumentar O Engajamento Dos Visitantes Do Site


Até os dias atuais continua repercutindo a queda financeira que afetou profundamente até as mais ricas nações do globo. É conclusão quase unânime que os desequilíbrios existentes ainda não foram eliminados. Prova maior descobre-se em países como Grécia, Irlanda e Portugal que, presentemente lutam para pagar seus compromissos financeiros e endividamentos públicos e privados que, gradativamente foram sendo acumulados nestes últimos anos.


O período pós 2ª briga mundial, com certeza produziu sociedades e populações ricas, altamente produtivas e eficientes, porém similarmente desperdiçadoras e extremamente consumistas. Imensas diferenças culturais se realizam notar quando se compara alguns desses países da zona do Euro entre si, uns vivendo mais comedidos, outros mais desperdiçadoras e menos ortodoxos, analisados sob um ponto de visão só financeiro.


As conseqüências são greves, manifestações de avenida, desemprego, redução de salário, exigências por parte de governos de acrescentamento da idade da aposentadoria e novas medidas de austeridade, como imediatamente estão acontecendo pela França, Grécia e Portugal. Vocês se lembram da fábula de Aesopo da Cigarra e da Formiga? Dado que é perfeitamente possível comparar Nações mais austeras e controladores com algumas menos convencionais e mais liberais de acordo com aquela fábula.


No momento em que, entretanto, uma Nação perde o rumo financeiro e se encontra a beira do abismo, geralmente existe um Fundo Monetário Internacional ou um Banco Mundial por meio da qual é obtida alguma forma de acordo pra salvar a ovelha negra perdida. Reuniões de Chefes de Estado e Ministros das Finanças são urgentemente organizadas e empréstimos são mais rápido concedidos a taxas de juros privilegiadas e prazos bastante convenientes.


Pronto, a ovelha perdida é salva dos lobos ( mas não obrigatoriamente de seus maus hábitos). Convenientemente chamamos a esse tipo de operação de “Supremos Interesses de Estado”. Mas onde nesta história entra desta forma o ser ou mesmo uma família inteira? Desejo comparar o ser ou em vista disso uma família inteira às Nações, que esses últimos assim como gradativamente se endividam e também suas possibilidades e, algumas vezes, em níveis até mais angustiantes, quando dessa maneira podem chegar até a inadimplência ou completa insolvência. Querem saber quais são as principais causas?


Vontade por parte de alguém em ter todos os instrumentos do desejo em pouco tempo ou de uma só vez. Ausência de controle produtivo de alguém ou família sobre isto os limites de tuas receitas e o próprio orçamento doméstico. Inexistência de uma razoável reserva financeira acumulada pros dias de chuva e as intempéries, isto é os tais de contratempos que a todos acontecem.


  • Rastreie o teu site manualmente

  • 1 A corporação

  • Séries vistas / séries para olhar

  • Planeje tuas ações



Filhos a quem nada se nega e que são demasiadamente mimados ( convertendo-se similarmente excelentes consumistas) e que por esta mesma explicação jamais irão estar preparados pra encarar situações adversas em tuas vidas. Caros amigos, acabamos de surgir pela principal diferença existente entre Nações e Indivíduos ou Famílias. Você em uma destas ocorrências estará inteiramente sozinho(a) para definir teu doloroso dilema como se salvar da catástrofe. E caso você não acredita por esse humilde planejador financeiro, dê uma espiada nos jornais, cartórios de protesto e órgãos de defesa do cliente que contam desolados histórias acontecidas…. O Governo (Município, Estado e Federação) esfomeado e ganancioso desejando arrecadar cada mês mais tributos acima dos atuais 37% do PIB e oferecendo em troca cada vez menos segurança, saúde e educação aos seus cidadãos.


O comércio também que só pensa em faturar cada vez mais para ter capacidade de confrontar a imensa, incontrolável e cada vez superior burocracia administrativa existente e ainda ter de pagar as montanhas de tributos que bem como lhe são impostos. Sua namorada(o), companheira(o) ou mulher/marido que o tempo todo tenta lhe convencer para passarem as próximas férias em qualquer espaço paradisíaco e que definitivamente irá lhe custar os olhos da cara e mais outro endividamento bastante grande.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *